terça-feira, 3 de maio de 2011

Aos olhos que me visitam...


Buenas, gurizada!
Embora escrever bons textos não seja uma qualidade minha, hoje preciso escrever algo sobre a alegria que senti; escrever algo para aqueles que torcem por mim, que estão aguardando o meu primeiro trabalho.
Vocês não imaginam a alegria que tive hoje pela manhã quando abri uma das caixas que chegaram aqui em casa... Quando olhei o cd, ali, todo bonito, do jeito que eu imaginava, não contive a emoção e chorei, muito. Um sonho realizado. Tantas coisas se passaram até que ele chegasse, pronto, em minhas mãos... Muitas lembranças, momentos, valores afetivos misturados, sorrisos e lágrimas_ de felicidade. Acredito que com todos seja assim, mas cada um tem sua história... e eu vou contar a minha.
Em quatro de outubro de 2009 minha mãe me avisou que estava fazendo umas economias para que eu gravasse o meu cd e que até o final do ano teria todo o valor... achei estranho, logo ela que adorava me fazer surpresas. Fiquei feliz naquele momento porque tive a certeza de que ela apoiava e admirava o meu cantar. Poucas horas depois ela já não estava comigo.
Durante quase um ano a música, minha companheira, minha paixão, foi a cura para minha alma, a mão que me sustentou e me mostrou que sim, eu deveria ser forte. E com ela, por ela, eu fui.
Então, amigos... não pude conter a emoção, o sentimento de não poder entregar aquele primeiro cd à minha grande incentivadora. Mas eu sei que a música transcende, eleva, é reza, é plena e chega aos olhos de quem, naquele momento, eu queria visitar.
Não tive o abraço que queria, tive uma sensação que para muitos é estranha, mas que para mim já é comum, e tive a alegria de ter concretizado um sonho que não era só meu, era dela também.
Tudo isso, todas essas emoções, essa gratidão pela música, pela vida, minha vida... senti ao abrir o primeiro cd. Esta emoção estará comigo neste dia 6 de maio, antevéspera do dia das mães, data escolhida propositalmente. Estarei no palco, apresentando o meu primeiro trabalho aos teus olhos e, também, aos olhos mais ternos e verdadeiros que já vi, os quais, ainda que “ausentes”... todos os dias vêm me visitar.
“Só quem sabe das distâncias
Entende o que é SAUDADE
_ O tempo dissolve o “pouco”_
Mas fortalece VERDADES
E a lua, por saber disso,
Cansada de andar solita,
Traz recuerdos de AMOR
Aos olhos de quem visita”
Uma ótima noite!
Aninha Pires

6 comentários:

LaLa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Larissa Pinho disse...

Além de uma excelente cantora, és muito boa com as palavras! Parabéns! Assim como todos que te amam e torcem por ti, estou cada dia mais orgulhosa de te ter na minha vida! Parabéns, MUITO SUCESSO e que daqui pra frente tudo seja mais do que perfeito!

Paula disse...

Que lindo tudo isso que escrevestes, fiquei toda arrepiada e não contive as lágrimas! Parabéns, muito sucesso por essa conquista... Tu merece, grande beijo! Paulinha Mariano

Raquel disse...

Nossa Aninha! Emocionate, to aqui arrepiada na frente do pc. Mesmo não conhecendo tua história a muio tempo é fácil perceber o quanto isso tudo significa pra ti! Parabéns, muito sucesso e até sexta! Boa sorte! Bjos

Serra disse...

Grande Anica!
Anica, já és uma cantora profissional, o cd foi só o passaporte para entrares no renque dos maiores e amadurecer teu sonho.
Amamos teu show.
Beijos de Lili,Manja e João

Patricia disse...

Belíssimo show,através das suas canções relembrei vários momentos de minha vida,inclusive na minha infância.Seu trabalho é deslumbrante.Muito sucesso em sua carreira,Parabéns pelo CD.Agora só falta o DVD.